EM PIRACICABA (SP) 05 DE DEZEMBRO DE 2019

Solenidade que desativa a 10ª Delegacia Militar aconteceu na Câmara

O vereador Pedro Kawai aproveitou a solenidade para homenagear a secretária Paula Okuda Araújo, pelos relevantes serviços prestados em prol do Exército Brasileiro




Toque na imagem para aumentar

Solenidade que desativa a 10ª Delegacia Militar aconteceu na Câmara

Crédito: Davi Negri - MTB 20.499

Na solenidade de desativação da 10ª Delegacia de Serviço Militar em Piracicaba, na manhã desta quinta-feira (5), às 10 horas, nas dependências do salão nobre Helly de Campos Meges, que também marcou o ato de exoneração do Primeiro Tenente Júlio Moacir da Silva Fagundes, depois de três anos à frente da delegacia e, que agora deve assumir um posto na 11ª  Infantaria Leve, em Campinas, o vereador Pedro Kawai (PSDB) contemplou a secretária Paula Okuda Araújo, na entrega do requerimento de congratulações 901/2010, pelos 22 anos de serviços prestados ao município e 10 anos de atuação perante a Junta de Serviço Militar do Estado de São Paulo.

Pedro Kawai considerou a relevância da solenidade e, destacou o legado de Paula Okuda, em uma instituição que ajuda na formação do cidadão, em pessoas justas, honestas, defensoras da pátria e da cidadania e que faz a diferença no dia a dia do brasileiro. 

Sobre as mudanças no Tiro de Guerra, o vereador Kawai considerou a modernidade que está vindo aí e, que demanda novas ações, na otimização do atendimento, com vistas à economia de recursos e de espaços. Também lamentou a falta de um atendimento direto a que não teremos mais, visto que o atendimento humano é muito melhor que o mecânico. 

O parlamentar agradeceu os serviços garantidos pelo Tiro de Guerra, em todos estes anos e, disse que fez parte deste processo, quando serviu o Exército. "É triste, mas entendemos que seja em função dos novos tempos na gestão pública, em qualquer esfera", disse.

O presidente da Câmara, Gilmar Rotta (MDB) também considerou as mudanças em curso pelo Exército em Piracicaba, pela saída do Primeiro Tenente, Júlio Moacir que agora passa a prestar serviços à nação brasileira na cidade de Campinas.

"Ele vai deixar saudades aqui nestes três anos que passou por Piracicaba, no trabalho com os atiradores", disse Gilmar, que também reconheceu o envolvimento do Tiro de Guerra em ações no município, ajudando o Executivo, em várias atividades sociais e educativas. 

O Tenente Coronel de Serviço Militar, chefe da 14ª Circuscrição de Serviço Militar, que fez a leitura de referências elogiosas ao Primeiro Tenente Fagundes, destacou a importâncias das mudanças no serviço militar, principalmente em função da sociedade como um todo, onde relevantes noções de cidadania são passados. 

Também chamou atenção para a nova concepção de agrupamenos, onde o Exército ficará em novos postos de observação, o que também poderá envolver a cidade de Sorocaba e Campinas. E, ainda considerou o trabalho com os jovens e, a maneira de fazer um país melhor. 

O militar também reiterou que o que muda na cidade será a presença física, que demandará ações de Campinas ou Sorocaba, sendo que será mantida as mesmas interações, com a prefeitura e os parceiros de sempre. "Serão novos profissionais à disposição de atender a população", disse. 

O Primeiro Tenente Fagundes, que na solenidade realizou a leitura de sua própria despedida e acompanhou a assinatura da ata do livro histórico da Delegacia, considerou o momento de mudança de rumo de sua vida e atuação profissional. 

Considerou o período de mudanças e, reiterou que continuará fazendo basicamente o que fazia, com foco na importância do serviço militar, visto que é por ele que o Exército passa valores, que são primordiais não só para o militar, mas ao civil como um todo.

"A desativação, na verdade será um fazer de forma diferente, onde estaremos reagrupados em postos de ação, provavelmente em Sorocaba, a ser estudado uma possibilidade em Campinas, sendo que o mais importante é valorizarmos os jovens, pois esta é a maneira de termos um país melhor", disse, além de reiterar que a mudança será de contato físico, que de agora em diante será feito em outra cidade, a exemplo de Sorocaba ou Campinas. 

O vereador Rerlison Rezende, o Relinho (PSDB), André Bandeira (PSDB) e Trevisan Jr. (PL) também participaram da solenidade e da entrega do requerimento de congratulações à Paula Okuda. 

Prefeitos de 12 cidades da região de Piracicaba, a exemplo de Águas de São Pedro, Tietê, Laranjal Paulista e Santa Maria da Serra, estiveram presentes ou enviaram representantes.

O prefeito de Piracicaba, Barjas Negri (PSDB), foi representado pelo gerente de Desenvolvimento Econômico, Pedro Cruz, que na oportunidade assinou o livro histórico, sendo testemunha da ata de desativação do Primeiro Tenente Júlio Fagundes. 

Diversos autoridades e representantes de entidade  e, secretários municipais de Piracicaba também compareceram na solenidade, a exemplo de José Rubens Françoso (Semae), Pedro de Mello (Saúde e Esportes) e Evandro Evangelista (Administração). 

A formação da mesa de honra, também contou com a presença da comandante da Guarda Civil Municipal de Piracicaba, Lucineide Aparecida Maciel Correia e da Major Sílvia, do 10º BPMI. 

Homenagens especiais foram prestadas aos familares do Primeiro Tenente Faugundes, que também foi retratado em quadro a ser fixado na galeria de antigos delegados da 10ª Delegacia de Serviço Militar.

Legislativo André Bandeira Laércio Trevisan Jr Gilmar Rotta Pedro Kawai Rerlison Rezende

Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343

Notícias relacionadas