EM PIRACICABA (SP) 30 DE SETEMBRO DE 2022

Ladice Soriano Salgot dá nome ao Parque do Mirante

Nome da ex-primeira-dama de Piracicaba, que foi casada com o ex-prefeito Francisco Salgot Castillon, foi aprovado em segunda discussão nesta quinta (29)




Toque na imagem para aumentar

Sílvia Morales é autora da propositura que denomina de Ladice Soriano Salgot o Parque do Mirante

Crédito: Guilherme Leite - MTB 21.401


A nova denominação do Parque do Mirante, localizado na avenida Dr. Maurice Allain, na Vila Rezende, que passará a ser chamado de "Ladice Soriano Salgot", em homenagem à ex-primeira-dama de Piracicaba de 1960 a 1969, foi aprovada pela Câmara Municipal de Piracicaba na noite desta quinta-feira (29), durante a 46ª reunião ordinária de 2022. 

"Já estávamos há um tempo procurando algum próprio municipal para colocar o nome da nossa sempre primeira dama, Ladice Salgot. E ai, veio  um informativo, uma circular, de que o Parque do Mirante tinha um equívoco, que não era aquele nome, que não tinha um nome. Aí, mais do que depressa, nós lá do gabinete propusemos o nome da Ladice", disse a autora do projeto de lei 67/2022, Sílvia Morales, quando de sua discussão em primeiro turno, no último dia 15.

Para a parlamentar, a propositura é uma maneira de homenagear "mais uma história de uma mulher forte, de uma mulher que merece reconhecimento, que merece ser lembrada por todas as suas características, seu currículo imenso".

Falecida em 30 de dezembro de 2020, aos 94 anos de idade, Ladice, traz o texto da propositura, "participava ativamente de programas sociais da cidade, tendo sido presidente do Clube Lady por vários anos. O Clube da Lady era uma espécie de Fundo de Solidariedade, que arrecadava recursos para várias instituições. Posteriormente, participou ativamente da Formação do  IACUF - Instituto de Atualização de Cultura Feminina, ficando, inclusive, com a sua coordenação quando Nádia Sonia Assuf Neschar precisou se afastar por licença maternidade". 

A propositura também destaca que Ladice teve "uma importante participação na Obra do Berço, criada em 1970, quando seu marido já não era mais prefeito. Nessa instituição, ela costurava enxoval para mães carentes. Continuou atuante na Obra do Berço até não ter mais saúde". 

Com a aprovação do novo nome, o casal Ladice e Francisco Castillon - que passaram uma vida toda juntos-, continuam, agora, unidos, mas de uma forma, pelo rio Piracicaba: "de um lado o Museu da Água, que é denominado Francisco Salgot Castillon e, de outro lado, o Parque do Mirante. Então, essa é mais uma história bonita da nossa cidade", disse Sílvia Morales.

Reunião Ordinária Silvia Maria Morales

Texto:  Pedro Paulo Martins
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583

Notícias relacionadas