EM PIRACICABA (SP) 12 DE DEZEMBRO DE 2019

Coronel Adriana homenageia Guardas Civis

Guardas Civis são homenageados por relevantes serviços prestados a comunidade.




Toque na imagem para aumentar
Crédito: Guilherme Leite - MTB 21.401

Homenagear os guardas civis Cláudio José Valverde Ocanha e José Antônio de Souza Oliveira pelos relevantes serviços prestados à segurança pública, foi o objetivo da moção de aplausos, entregue pela vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (CID), na noite desta quinta-feira (12).

Durante a entrega da homenagem a parlamentar falou que é uma honra prestar homenagem a guardas civis, dedicados ao trabalho, que zelam pelo bem da comunidade e que têm o compromisso com a segurança da cidade.

“Acompanho o trabalho do guarda civil, através de grupos de WhatsApp, os homenageados desta noite, são policiais antigos, que gostam de trabalhar na rua, são eles que fazem a diferença e tornam nossa cidade mais segura”, falou a parlamentar.

Ao fazer uso da palavra, o guarda civil José Antônio de Souza Oliveira, disse ter ficado feliz com o reconhecimento do trabalho, comentou que ser guarda civil "é uma tarefa árdua, que nem sempre consegue agradar a todos".

Já Cláudio José Valverde Ocanha, falou do amor que ambos têm pelo trabalho que realizam, que se dedicam o máximo possível para atender e defender a população. Ele também falou das ocorrências atendidas no último dia.

Somente no primeiro semestre de 2019, os homenageados, realizaram trabalho operacional em 41 ocorrências, sendo 23 sobre tráfico de entorpecentes, duas capturas de procurado, sete apreensões de entorpecentes, três furtos, um roubo de veículo, um estelionato, um veículo localizado e uma tentativa de homicídio.

Dentre as ocorrências a de maior destaque, foi a que aconteceu em 27 de abril, na rua Pernambuco, nas proximidades do Bar da Diva, no bairro Vila Prudente marcou o trabalho de ambos. A ação teve início com uma denúncia de que um rapaz alto, de óculos, que trajava camisa de um time de futebol e bermuda, estava traficando drogas na localidade.

O denunciante também disse que o suspeito ocultava os entorpecentes numa placa de imobiliária com dizeres “Aluga-se” e após as informações, a equipe formada pelos GC Valverde, Souza e GC Marcelo, foi até o local e se deparou com o rapaz descrito. Ele foi abordado e em revista pessoal foi localizado a quantia de R$ 256 reais em notas diversas, U$ 16 dólares e $ 1.000 pesos argentinos.

Durante buscas nas imediações, localizaram em um raio entre 5 a 10 metros, mais 13 invólucros de crack e uma grande porção de cocaína, atrás da placa da imobiliária.

O criminoso resistiu à prisão mas foi contido, algemado e encaminhado ao Plantão Policial onde foi constatado que se tratava de um meliante procurado pela justiça e que continuava na delinquência, sendo então ratificada a prisão em flagrante por tráfico de entorpecentes.

Outra ocorrência que chamou a atenção foi a apreensão de um adolescente que, às 11h20 da manhã, em horário de aula, ele estava parado e montado em uma bicicleta na Rua Dolores Moral Buzetto, esquina com a rua Paschoal Barsottini, no jardim Oriente o qual, ao ver a Viatura, tentou fugir mas foi abordado e vistoriado, sendo localizados com ele 26 eppendorf de cocaína, 10 invólucros de crack, 10 porções de maconha e dinheiro produto de crime.

“Estes Guardas Civis reprimem a criminalidade, combatendo a violência praticada por bandidos, o que sem dúvida é digno de elogios desta Casa de Leis, pois mesmo no exercício de sua função, há aqueles que optam por cruzar os braços e aqueles que não se deixam vencer pelas agruras da profissão, pelo conjunto de leis permissivas e se destacam pelo desempenho em atuação policial, demonstrando coragem, profissionalismo e comprometimento com a causa pública”, comentou a vereadora.

Para a parlamentar, o cumprimento do dever é uma das características mais nobres e para cumpri-lo, esses Guardas Civis ultrapassaram suas possibilidades e empregaram todos os atributos possíveis no sentido de apresentar o melhor rendimento possível e muito contribuíram para a segurança dos cidadãos piracicabanos, o que os torna dignos dos maiores elogios e louvores.

Quanto ao GC/ Classe Distinta Cláudio José Valverde Ocanha, o fato de ter prestado o Serviço Militar Obrigatório no Tiro de Guerra de Piracicaba e as experiências de desafio, aprendizagem, protagonismo e crescimento pessoal, nas quais vivenciou e se identificou, foram determinantes para que Cláudio José Valverde Ocanha decidisse trabalhar na área de segurança pública, em uma carreira com princípios de hierarquia e disciplina.

Essa experiência e estes valores o levaram a prestar o concurso público para o cargo de Guarda Civil Municipal, onde ingressou há 28 anos, trabalhando na Central de Operações (COP), onde se concentram ações de comunicação que envolvem ocorrências, tanto em caráter preventivo como repressivo e o atendimento e redirecionamento das demandas. Também já atuou no Setor de Escala.

Atualmente, trabalha na viatura de Patrulhamento Setorial ao lado do Guarda Civil de 1° Classe, José Antônio de Souza Oliveira, há 10 anos. Ambos atuam de forma preventiva e operacional, para vários tipos de ocorrências tais como Tráfico de Entorpecentes, Furto, Roubo, Homicídio, Suicídio, Estupro, Estelionato e Receptação, com foco na Zona Leste de Piracicaba (Jardim Oriente, Água Branca, Cecap, Alvorada, Chapadão, Maracanã, Morumbi, Serra Verde, entre outros).

 

GC/1ª Classe José Antônio de Souza Oliveira

Souza entrou para a corporação há 27 anos, motivado pelo fato de poder ajudar o cidadão piracicabano em todos os segmentos e saber que estaria presente para proporcionar segurança e paz, todos os dias. Princípios que segue rigorosamente.

Desde seu ingresso, trabalha em viaturas do patrulhamento setorial, com apreço pela segurança dos cidadãos e no combate à todos os tipos de ilicitude e conforme Lei Complementar n°384, de 23 de agosto de 2017, exerce atribuições de fiscalização de trânsito, o que abrange a aplicação de medidas administrativas, a autuação por infrações de circulação, estacionamento e parada e todas as demais atribuições no exercício regular da polícia administrativa no trânsito, dentro do perímetro de Piracicaba.

 

Homenagem Adriana Nunes

Texto:  Patrícia Moraes Sant'Ana - MTB 24.154
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343

Notícias relacionadas