EM PIRACICABA (SP) 27 DE AGOSTO DE 2019

Estudantes aprendem sobre direito ao voto em atividade na Câmara

Alunos do 4º ano do Colégio Piracicabano participaram do projeto "Conheça o Legislativo" nesta terça-feira.




Toque na imagem para aumentar

Luana Leite Arcangeleti, estagiária do Departamento de Documentação e Transparência, explicou a história das Câmaras de Vereadores no Brasil

Crédito: Leandro Trajano

Durante o "Conheça o Legislativo" desta terça-feira (27), a estagiária do Departamento de Documentação e Transparência Luana Leite Arcangeleti explicou aos alunos do 4º ano do Colégio Piracicabano que, em 1822, somente 354 pessoas, entre os 2.200 habitantes de Piracicaba, eram considerados eleitoras: eram homens, brancos, com idade a partir de 21 anos, residência fixa e sem passado criminoso. Os estudantes surpreenderam-se em saber que parte da sociedade não tinha direito ao voto.

O assunto foi um dos abordados durante a atividade realizada no salão nobre. Luana falou da divisão territorial efetuada pelo rei Dom Afonso Henrique em 1.140, que propiciou a criação da primeira organização política, na época liderada pelos representantes dos territórios, chamados "homens bons".

A estagiária também deu detalhes da criação da Câmara de Vereadores de Piracicaba, instalada em 11 de agosto de 1822 na praça José Bonifácio, quando a localidade ainda se chamava Vila Nova da Constituição. Luana explicou as características da Câmara em seu início e falou da história de Prudente José de Morais, eleito vereador em Piracicaba em 1864, que depois foi presidente da Câmara, prefeito e o primeiro presidente civil do Brasil.

Em seguida, o diretor do Departamento de Documentação e Transparência, Bruno Didoné de Oliveira, abordou as características dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário e suas funções. Bruno explicou aos alunos que o Poder Legislativo tem a função de observar as demandas da sociedade e propor mudanças, enquanto o Executivo coloca as leis em prática e o Judiciário avalia os conflitos e aplica as leis.

O diretor também falou sobre os órgãos representantes de cada poder nos âmbitos municipal, estadual e federal. "Quanto mais conhecimento vocês tiverem, menores as chances de pessoas mal intencionadas assumirem o poder", comentou Bruno.

Autor do convite para a visita dos estudantes do Colégio Piracicabano, o vereador e presidente da Câmara, Gilmar Rotta (MDB), acompanhou o início da atividade e parabenizou os alunos pela participação no "Conheça o Legislativo". "Aqui vocês irão entender como é trabalhar para a população, em prol de melhorias para a cidade", disse.

Após as falas, os alunos simularam a realização de uma reunião ordinária, com a análise de um projeto de lei sobre a proibição do uso de celulares em sala de aula. Três alunos ocuparam a tribuna como vereadores e discutiram a proposta, que, ao fim das ponderações, foi votada e rejeitada, com 16 votos contrários.

Glaucia Spigolon, professora que acompanhou uma das turmas de alunos, disse que a experiência auxiliou os estudantes no entendimento sobre os três poderes, tema que está sendo abordado em aula. "Ter a oportunidade de vivenciar, na prática, o que para eles é abstrato transforma esse conhecimento em algo mais concreto, de acordo com a realidade deles", explicou.

O aluno Murilo Magro Ribeiro, de 9 anos, do 4º ano B do Colégio Piracicabano, achou a experiência "divertida" e disse que a parte mais interessante foi conhecer a história da primeira organização política, em Portugal. "Se outros estudantes tiverem a oportunidade de vir, venham porque é muito legal", convidou.

Conheça o Legislativo Gilmar Rotta

Texto:  Larissa Souza
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Ricardo Vasques - MTB 49.918

Notícias relacionadas