EM PIRACICABA (SP) 14 DE AGOSTO DE 2020

Falta de água em bairros periféricos gera debates na Câmara

Moradores dos bairros Chácara Nazareth II, condomínio Terras São Geraldo, Nova Suíça, Monjolinho, Santo Antonio e outros locais reclamam dos serviços prestados pelo Semae




Toque na imagem para aumentar

Falta de água em bairros periféricos gera debates na Câmara







O vereador Paulo Campos (PODE), nos requerimentos 403 e 404/2020, ambos aprovados na 29ª reunião extraordinária, nesta quinta-feira (13), promoveu discussão sobre o problema da falta de água em Piracicaba, com foco nas regiões dos bairros Chácara Nazareth II, condomínio Terras São Geraldo e Nova Suíça. Diversos parlamentares também se manifestaram sobre o problema e falaram da realidade em outras localidades, a exemplo do bairro Monjolinho e da região do Santo Antonio. 

Nos requerimentos, Paulo Campos solicita informações do Executivo e questiona o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), presidido por José Rubens Françoso, para que solucione a constante falta de água que diariamente afeta inúmeros piracicabanos. 

O vereador Wagner Oliveira, o Wagnão (CID), que também é morador do bairro Chácara Nazareth II, contrapôs a discussão levantada por Paulo Campos. "Não existe hoje falta de água, houve há 10 dias quando se interrompeu uma adutora no córrego do Enxofre e daí faltou água. Duas pessoas reclamaram no grupo do bairro, tomei ciência disso e hoje estive com o presidente do Semae, no bairro, para prestar esclarecimentos. Ninguém contestou, ninguém foi até ali, creio que uma moradora procurou Paulo Campos. Se houve falta de água, houve dias atrás, mas hoje está regularizado. A falta de água não está só em um bairro", disse o parlamentar, que também destacou o alerta do presidente do Semae sobre os 90 dias sem chuva, sendo que a água captada do rio é pouca e torna difícil o tratamento, o que coloca a cidade num estado crítico, devido ao seu tamanho e num momento de aumento do consumo. 

Já Paulo Campos reiterou que não foi uma única reclamação. "Temos que saber o horário em que efetivamente está faltando água, porque são constantes as reclamações na Chácara Nazareth II, no Novo Horizonte e no Nova Suíça", disse o parlamentar, ao criticar a gestão do Semae, dizendo que o presidente "é um péssimo gestor", além de lembrar que, mesmo quando estava chovendo, também faltava água. A consideração é de que "a cidade cresceu e infelizmente não se fez nada".

O vereador Osvaldo Schiavolin, o Tozão (PSDB), também disse que ouviu reclamações, mas procurou o presidente do Semae. "Ele tem insistido que estamos numa escassez muito alta", disse Tozão, lembrando que a população tem que ser avisada para "fazer economia de água para que os outros também a tenham". A consideração é de que "a reclamação é justa, mas temos também que pedir ajuda à população, porque nós fazemos parte de um todo".

O vereador Lair Braga (SD) também discutiu a questão da falta de água e ponderou que o presidente do Semae, José Rubens Françoso, "é homem muito correto e transparente". "Sempre que solicitamos nos atende, isso não significa que não devamos fazer considerações do Semae diante do que estamos passando. É necessário que se assuma que está faltando água em Piracicaba. Estamos numa seca há 90 dias e, com a pandemia, todas as pessoas acabam tomando mais banhos, e isso fez com que aumente o consumo de água. É necessário que o Semae esclareça a população sobre o problema pelo qual estamos passando. Tem que assumir que não são casos pontuais, mas reais. O Semae deve fazer uma campanha de esclarecimento à população."

O vereador Aldisa Vieira Marques, o Paraná (CID), também discutiu a questão. "Quando falamos do Semae, há vereadores que estão sendo atendidos. O presidente do Semae tenho certeza de que não ouve as pessoas que precisam de água, ele ouve quando está com algum vereador. Vai lá, olha, dá seu parecer e tchau. Tenho mensagem de dois anos e até hoje não tive retorno. Em toda Piracicaba falta água, não falamos dos grandes condomínios, que são atendidos, mas no Santo Antonio: durmo à 0h e acordo às 4h, quando deito não tem mais água e quando levanto também não tem. No Monjolinho, os moradores padecem sem água. Isso de ter reservatório de água por cinco dias é tapar o sol com a peneira. As funcionárias do Semae fazem o que podem para atender a população, mas sem aval do presidente nada anda. Se eu fosse o presidente do Semae, já teria pedido para sair. Por que não deixa de mandar as contas para a população para mandar quando tiver água? Rubens, coloque seu rosto nas redes sociais, como faz a Câmara", cobrou o parlamentar. 

O vereador Ronaldo Moschini (CID) também se manifestou. "Tive problema com o bairro Alpes Suíços, externei ao presidente do Semae e tão logo fui atendido com reunião agendada no Semae com quatro representantes do bairro e o presidente se propôs a solucionar o caso lá. Há um problema na cidade de falta de água", disse.

O vereador José Longatto (PSDB) também discorreu sobre o abastecimento de água em Piracicaba. "Não tiro a razão de ninguém, o vereador tem o direito de fazer o requerimento para depois levar a informação ao munícipe que o questionou. Nessa época de estiagem é evidente que o consumo de água aumenta. A captação é suficiente para abastecer, porém o que estão faltando são novas adutoras para alimentar as caixas subterrâneas, que depois vão para as caixas aéreas e por gravidade ser distribuída pela cidade. Temos que cuidar do rio Corumbataí para que não aconteça no futuro o que vem acontecendo hoje. A calha vem sendo deteriorada", considerou o parlamentar, que também destacou projetos em andamento visando ao futuro da cidade, na exploração do potencial das microbacias hidrográficas, como o ribeirão dos Marins e outros. 

A vereadora Adriana Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PSL), também reforçou as discussões sobre a falta de água e garantiu a aprovação do requerimento 402/2020, na cobrança de informações sobre a falta de água no bairro Nova Suíça. "Tornou-se lugar comum a falta de água, não é com base na reclamação de uma só pessoa, não", reiterou a parlamentar.

Legislativo José Longatto Ronaldo Moschini Paulo Campos Adriana Nunes Lair Braga Osvaldo Schiavolin Aldisa Marques Wagner Oliveira

Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara

Notícias relacionadas