EM PIRACICABA (SP) 22 DE OUTUBRO DE 2021

Aprovada moção de repúdio por ataques à Câmara Municipal

Ataques contra a instituição motivaram o requerimento, solicitando a moção em caráter de urgência




Toque na imagem para aumentar
Crédito: Guilherme Leite - MTB 21.401




Foi aprovada a moção de repúdio 234/2021, durante a 40ª reunião ordinária, realizada nesta quinta-feira (21), a Walter Brandi Koch Rodrigues "pelos ataques contra a Câmara Municipal de Piracicaba e ofensas que ferem a honra e a dignidade dos membros dos Poderes Legislativo e Executivo de Piracicaba".

De acordo com o texto da moção, de autoria dos vereadores Laércio Trevisan Jr (PL), Acácio Godoy (PP), Aldisa Vieira Marques, o Paraná (Cidadania), Anilton Rissato (Patriota), Fabrício Polezi (Patriota), Zezinho Pereira (DEM), Josef Borges (Solidariedade), Wagner Oliveira, o Wagnão (Cidadania) e também do presidente da Câmara, Gilmar Rotta (Cidadania), "a internet é utilizada para ataques injustos e os vereadores vêm sofrendo ataques caluniosos, injuriosos e ofensivos nas redes sociais, através de vídeos, comentários e publicações diversas, além de manifestações realizadas em frente à sede do Poder Legislativo Municipal, que atingem e ferem a honra e a dignidade dos parlamentares". Na moção estão anexadas várias cópias destes ataques, para a comprovação da autoria dos mesmos.

JUSTIFICATIVAS - A vereadora Rai de Almeida (PT) disse que, ao ler a moção, concorda que, de fato, "o alvo da moção de repúdio tem adotado medidas complicadas e um tanto desmedidas com relação à ofensas desferidas a vereadores". "Mas esses ataques não são contra a instituição e sim contra os vereadores. Encaminhar para a chefia desse cidadão - uma juíza - não cabe à Câmara fazer isso. Ele faz ataques como cidadão. Eu voto contrário dos termos que estão colocados", finalizou.

O vereador Laércio Trevisan Jr (PL) discordou do posicionamento da vereadora Rai e acrescentou que é impossível continuar aceitando as atitudes como a de Walter Koch. "Voto pelo repúdio desse cidadão, servidor da Justiça do Trabalho, por todas as ofensas que causa. Nós somos essa Casa de Leis, se não fôssemos eleitos ela não existiria. A instituição Câmara somos nós, vereadores eleitos", afirmou. 

O vereador Fabrício Polezi (Patriota) afirmou que Walter Koch é vice-presidente do PSL de Piracicaba. "Ele não é um sujeito comum, foi candidato a vereador e não aceita a derrota nas urnas", afirmou. 

Confira no vídeo anexo a fala completa dos vereadores.

Legislativo Laércio Trevisan Jr Gilmar Rotta Aldisa Marques Wagner Oliveira Zezinho Pereira Acácio Godoy Josef Borges Anilton Rissato Fabricio Polezi

Texto:  Rebeca Paroli Makhoul - MTB 25.992
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Imagens de TV:  TV Câmara

Notícias relacionadas