EM PIRACICABA (SP) 23 DE JUNHO DE 2022

Homenagem às vítimas de ataque em ônibus marca reunião da Câmara

Vereadores respeitaram um minuto de silêncio aos mortos da tragédia ocorrida na última terça-feira, 21, em Piracicaba




Toque na imagem para aumentar

Câmara respeitou um minuto de silêncio às vítimas da tragédia durante a 27ª reunião ordinária

Crédito: Fabrice Desmonts - MTB 22.946




A Câmara Municipal de Piracicaba respeitou um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do ataque a faca dentro de um ônibus da linha Centro/Vila Sônia, na última terça-feira, 21, no ponto da avenida Armando de Salles Oliveira, entre as ruas Voluntários de Piracicaba e Regente Feijó. O crime teve repercussão nacional e gerou onda de solidariedade às famílias dos três mortos e dos feridos no crime. 

No início da 27ª reunião ordinária da Câmara, foi solicitado inicialmente pelo vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro (Republicanos), o respeito a um minuto de silêncio às vítimas. O parlamentar leu o nome de cada um deles. “Peço um minuto de pesar em memória a Adriana Coelho da Silva, Roseli Ramalho Ferreira e Valdemar da Silva Venâncio”, destacou.

A solicitação foi acatada pela Mesa Diretora e endossada por outros parlamentares, como o vereador Anilton Rissato (Patriota) e, ainda, por Gustavo Pompeo (Avante), que lembrou do “ato monstruoso” e deixou os pêsames às famílias. “É a coisa mais monstruosa que eu já fiquei sabendo na minha vida”, disse Pompeo, mais tarde, quando usou o espaço de cinco minutos destinado às lideranças partidárias.

Primeira-secretária da Mesa Diretora, a vereadora Ana Pavão (PL) lembrou que, no mesmo dia em que ocorreu a tragédia, a Câmara Municipal de Piracicaba decretou luto na Casa. “Foi uma decisão que tomamos em conjunto e todos concordaram com o reconhecimento da gravidade desta tragédia”, disse a parlamentar.

O assunto também gerou um debate na Casa de Leis sobre outros casos de violência registrados no País durante essa semana, como o do procurador que agrediu uma colega de trabalho na cidade de Registro-SP e a situação de uma menina de 10 anos que foi estuprada e a juíza do caso chegou a questioná-la se não poderia ter a criança. “Criança não é mãe, estuprador não é pai”, disse Rai de Almeida (PT), ao comentar o caso.

O vereador Cássio Luiz Barbosa (PL), o “Fala Pira”, elogiou a decisão da Mesa Diretora e cobrou da Prefeitura que tivesse feito o mesmo. “Lastimável o prefeito não ter dado os três dias de luto, poderia ser feito essa homenagem neste momento difícil”, disse.

Na tribuna da Câmara, o vereador Pedro Kawai (PSDB) também comentou o caso, demonstrando sua consternação pelo ocorrido. “É triste o que essa cidade presenciou e que para sempre vai lembrar. A gente olha para trás e pensa ‘como pode isso ter acontecido’, ‘como pode um cidadão que sai matando as pessoas dentro de um ônibus’”, destacou o parlamentar.

EXTRAORDINÁRIAS – Durante a reunião ordinária desta quinta-feira (23), o presidente da Câmara, Gilmar Rotta (PP), convocou três extraordinárias para segunda-feira (27) com o objetivo de votar projetos de lei do Executivo que solicitam repasse de recursos de emendas e de órgãos de governo. Serão duas extras a partir das 15h e uma para depois da ordinária do mesmo dia.

PAUTA DA ORDEM DO DIA – Previsto para ser votado em primeira discussão, o projeto de lei complementar 2/2022, da vereadora Silvia Morales (PV), do mandato coletivo “A Cidade É Sua”, foi adiado por 10 reuniões a pedido da própria autora. “Eu conversei com representantes da Administração e com o líder de governo (Josef Borges) e existe o interesse de conversar para aperfeiçoar essa proposta, então eu peço a retirada de votação”, disse a parlamentar. 

A Pauta da Ordem do Dia acabou sendo votada na íntegra, com aprovação, em redação final, dos projetos de decreto legislativo 22/2022, 28/2022 e 32/2022 e projeto de resolução 3/2022; em discussão única, dos PDL 7/2022, 30/2022 e 31/2022; das moções, 97/2022, 104/2022, 105/2022, 106/2022, 107/2022, 108/2022, 109/2022, 110/2022, 111/2022, 112/2022, 113/2022 e 114/2022; e dos requerimentos 475/2022, 482/2022, 483/2022, 485/2022, 486/2022, 488/2022 e, em regime de urgência, do 498/2022.

Em segunda discussão, foram aprovados os projetos de lei 32/2022 e 76/2022; e, em primeira discussão, o projeto de lei 100/2022.

A reunião ordinária da Câmara pode ser acompanhada, ao vivo, pela TV Câmara, nos canais 11.3 em sinal aberto, 4 da Claro/Net e 9 da Vivo/Fibra, com retransmissão nas mídias sociais, Facebook e Youtbe, e no site oficial da Casa, www.camarapiracicaba.sp.gov.br.

Reunião Ordinária André Bandeira Ary Pedroso Jr Laércio Trevisan Jr Gilmar Rotta Paulo Camolesi Pedro Kawai Gilmar Tanno Rerlison Rezende Aldisa Marques Wagner Oliveira Zezinho Pereira Cassio Luiz Alessandra Bellucci Acácio Godoy Ana Pavão Josef Borges Thiago Ribeiro Gustavo Pompeo Rai de Almeida Anilton Rissato Fabricio Polezi Silvia Maria Morales Ciro da Van

Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583

Notícias relacionadas