EM PIRACICABA (SP) 17 DE MAIO DE 2022

Câmara apoia ações de combate ao abuso sexual de criança e adolescente

Expediente da 18ª reunião ordinária foi suspenso, por 30 minutos, para apresentação de projetos da Smads (Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social)




Toque na imagem para aumentar

Câmara realizou, na noite desta segunda-feira (16), a 18ª reunião ordinária de 2022

Crédito: Fabrice Desmonts - MTB 22.946




Às vésperas de mais um Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Criança e Adolescente – lembrado em 18 de maio –, a Câmara Municipal de Piracicaba suspendeu, por 30 minutos, o expediente da 18ª reunião ordinária, na noite desta segunda-feira (16), para que a secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads), Euclídia Fioravante, apresentasse os projetos realizados no Município para prevenir e atender os casos que são levados até o poder público.

O pedido para a suspensão do expediente partiu do vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro (Republicanos), autor do requerimento 292/2022, e a titular da Smads esteve acompanhada de Veridiana Ricci, diretora do Departamento de Proteção Social Especial.

Após a fala das representantes da Smads, pelo menos cinco vereadores se posicionaram para endossar a necessidade da prevenção para que os casos não ocorram. “Um dos maiores absurdos que alguém pode fazer é abusar de um recém-nascido, de uma criança, não dá nem para imaginar”, disse Ary Pedroso Jr. (Solidariedade), ao apoiar a atuação para desenvolver a “auto-defesa” no grupo prioritário desta problemática.

A vereadora Rai de Almeida (PT) criticou o discurso que se coloca como “Escola Sem Partido” e contra a chamada “Ideologia de Gênero”, porque, segundo a parlamentar, é a orientação às crianças e aos adolescentes que se cria o entendimento de que uma determinada atitude é abuso sexual. “E vale lembrar também que, em geral, quando uma criança tem o direito violado, naquele ambiente também há violência contra mulher”, disse.

Liderança comunitária com atuação em projetos esportivos, o vereador Gilmar Tanno (PV) destacou a importância do trabalho sério junto a crianças e adolescentes, meninos e meninas, “sempre tratando com muito respeito, para que essas coisas não aconteçam”, disse, ao parabenizar a atuação da Smads no Município de Piracicaba.

O vereador Josef Borges (Solidariedade) disse que, recentemente, o Distrito de Artemis registrou dois casos de abuso sexual contra criança e adolescente e destacou a importância do papel da escola na denúncia. “Esse trabalho que vocês (da Smads) desenvolvem dá resultado, porque é esse é um problema municipal, mas também mundial”, disse.

Retomando o Dia do Assistente Social, comemorado no último domingo, 15, o vereador Pedro Kawai (PSDB) lembrou do “papel brilhante” exercido pela categoria. “Quero parabenizar estes profissionais, porque são fundamentais na prevenção”, disse.

O vereador Paulo Henrique disse que o pedido de suspensão de expediente, para marcar o 18 de maio na Câmara, representa mais uma atuação da campanha “Todos Contra a Pedofilia”, trabalho que ele desenvolve há mais de 15 anos. “Não podemos nos esquecer que o abuso sexual de crianças e adolescentes é pano de fundo de uma indústria bilhionária no mundo, que é o tráfico humano”, acrescentou o parlamentar.

TRABALHOS LEGISLATIVOS - Na noite desta segunda-feira (18) foram aprovados, em discussão única, o projeto de decreto legislativo 24/2022 e os requerimentos 375/2022, 376/2022, 377/2022, 378/2022, 379/2022, 380/2022, 381/2022, 384/2022, além dos que entraram em regime de urgência, o 390/2022 e o 391/2022.

Em segunda discussão, foram aprovados o projeto de lei complementar 4/2022 e os projetos de lei 45/2022 e 46/2022; em primeira discussão, foram aprovados o projeto de lei complementar 6/2022 e os projetos de lei 39/2022 e 95/2022.

Estava previsto, para votação, em discussão única, o projeto de decreto legislativo 8/2022, do vereador Fabrício Polezi (Patriota), que institui a Medalha de Mérito Estudantil “Professor Olavo de Carvalho”, mas a propositura acabou não sendo votada por falta de tempo hábil, já que a reunião ordinária precisou ser encerrada, regimentalmente.

Legislativo André Bandeira Ary Pedroso Jr Laércio Trevisan Jr Gilmar Rotta Paulo Camolesi Paulo Campos Pedro Kawai Gilmar Tanno Rerlison Rezende Aldisa Marques Wagner Oliveira Zezinho Pereira Cassio Luiz Alessandra Bellucci Acácio Godoy Ana Pavão Josef Borges Thiago Ribeiro Gustavo Pompeo Rai de Almeida Anilton Rissato Fabricio Polezi Silvia Maria Morales

Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583

Notícias relacionadas